Remoção seletiva do tecido cariado com dentina amolecida – Academia da Odontologia
×

Blog da Academia

Odontopediatria

A remoção seletiva do tecido cariado tem se mostrado viável em inúmeros estudos, com base na paralisação/remineralização das lesões a partir do completo selamento da cavidade. A odontopediatria traz estes estudos e a prática clínica do sucesso desta técnica através de conceitos primários como o ART. O tratamento expectante, também trouxe a base conceitual a partir da manutenção do tecido cariado afetado.

Embora a técnica já esteja consolidada, o controle pós-restauração e a sobrevida são fatores determinantes quando avaliamos sucesso… E aí vem o questionamento: a consistência da dentina pode alterar a sobrevida das restaurações?

Em busca de respostas sobre a sobrevida das restaurações submetidas a remoção seletiva do tecido cariado com dentina amolecida, pesquisadores brasileiros fizeram uma revisão sistemática a partir de ensaios clínicos randomizados que compararam a remoção total do tecido cariado com a remoção seletiva do tecido cariado com dentina amolecida em lesões profundas.

Os autores observaram um menor número de falhas em restaurações após a remoção completa do tecido cariado quando comparados a aquelas com remoção seletiva que mantiveram a dentina amolecida. Vale ressaltar que o estudo tem um alto risco de viés e mais pesquisas precisam ser realizadas para que se possa ter um resultado definitivo.

Embora inúmeros estudos tenham provado o sucesso da remoção seletiva do tecido cariado, esta revisão destaca para o aumento do número de falhas na remoção seletiva com manutenção da dentina amolecida, e sugere os pacientes devem ser submetidos a intervalos mais curtos para controle de falhas de restaurações e reparos se necessário.

Ou seja, o selamento e a integridade marginal continuam fundamentais para a sobrevida das restaurações!

PEDROTTI, D et al.  Does selective carious tissue removal of soft dentin increase the restorative failure risk in primary teeth?: Systematic review and meta-analysis. Am Dent Assoc. v. 150, n. 7, p. 582-590, Jul, 2019. doi: 10.1016/j.adaj.2019.02.018.

Por Carla S. Pereira.

Confira os planos anuais de odontopediatria!

Carla Pereira

Especialista em Odontopediatria - PUC/PR
Mestre em Odontologia / Área de Concentração Odontopediatria - UFSC/SC
Habilitação em Sedação Consciente com Óxido Nitroso
Professora e Coordenadora do Curso de Especialização e Atualização em Odontopediatria - ABCD
IAPD Membro do board 2019/2021 - Membership Committee
Idealizadora da CAIXA GUIA - Odontopediatria
Clinical Adviser NuSmile no Brasil

Fale conosco via whatsapp 48991699181